Altominho.tv
FACEBOOK JANELAS CONVIDA

Estudantes de Viana lançam iniciativa para apoiar idosos que estão sozinhos ou isolados

Recuperar uma antiga prática comunitária de comunicação com vizinhos e amigos à janela ou à varanda é o objetivo da campanha lançada esta terça-feira por alunos do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) para contrariar o “isolamento” de idosos.

Os 90 estudantes da licenciatura de Educação Social Gerontológica e do mestrado em Gerontologia Social da Escola Superior de Educação (ESE) do IPVC “convidam cada português a, diariamente, conversar com os seus vizinhos mais velhos à janela ou varanda”.

A iniciativa, designada Janelas CONVIDA, começou na capital do distrito de Viana do Castelo, para assinalar o dia do Gerontólogo, mas a intenção dos estudantes passa por “estender a campanha, como uma onda de solidariedade, a todo o país e às regiões autónomas da Madeira e dos Açores”, numa “rede nacional de apoio aos idosos que se encontram em confinamento no domicílio, devido à pandemia de Covid-19.

O desafio “foi abraçado pela Associação Nacional de Gerontologia que gostou muito do projeto” e lançado “a outras instituições com cursos na área da gerontologia social como Bragança, Porto e Coimbra para que adiram, juntando cada vez mais pessoas numa onda gigante, replicada em todo o país para apoiar, sobretudo, as pessoas da terceira idade, durante este período” em que “todos têm de ficar em casa” para conter o surto do novo coronavírus.

“Trata-se de uma ação de proximidade e suporte às pessoas mais velhas que vivem, neste momento, sozinhas ou com contacto limitado com os seus familiares e amigos na sequência do estado de emergência decretado em Portugal”, explica o IPVC na nota enviada à imprensa.

Segundo o IPVC, o projeto nasceu da “consciência dos riscos e da vulnerabilidade acrescida a que este grupo populacional fica exposto no atual contexto, nomeadamente o aumento de sentimentos de isolamento, solidão, insegurança, abandono e exclusão”.

Os estudantes de gerontologia “pretendem criar uma rede de suporte e ajuda às pessoas mais velhas; identificar e sinalizar necessidades ou situações de risco vividas pelas pessoas mais velhas, ajudar os mais velhos a manter-se em casa, seguros e protegidos, evitando o risco de contágio da Covid-19, minimizando desta forma a vivência de sentimentos de solidão, isolamento social, insegurança ou abandono”.

Na página que “criaram nas redes sociais estão a divulgar a iniciativa, a fazer sugestões, a sensibilizar e a recolher experiências”, lançando o apelo: “Vá à janela, convide o seu vizinho mais velhos para uma conversa”.

“Quando todos temos de ficar em casa para nossa proteção e da nossa comunidade, as janelas e varandas foram escolhidas como a nossa ligação ao mundo físico e social, particularmente para aqueles em que a tecnologia não é alternativa. Por isso, as janelas ganham vida quando convidamos o(s) outro(s) para uma conversa entre vizinhos, para uma pequena troca de palavras, mas que se transforma em algo muito maior – cria uma ligação, transmite esperança, cuidado, interesse genuíno”, referem os estudantes.