Altominho.tv
CM VIANA DO CASTELO

Viana do Castelo instala 56 contentores para reciclar papel de prendas de Natal

Os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo (SMSBVC) vão aumentar em 40% o número de contentores em áreas residenciais, para “incentivar a correta separação do papel utilizado para embrulhar os presentes de Natal”.

“Face ao sucesso alcançado no ano passado, quando lançámos a campanha ‘No Natal, a separação é o melhor presente’, decidimos aumentar em cerca de 40% o número de contentores. Vamos passar de 40 para 56 contentores a colocar nas zonas mais habitadas da cidade”, afirmou hoje o presidente do conselho de administração dos SMSBVC, Vítor Lemos.

Aquela campanha foi lançada em 2018 pela Câmara, em parceria com os SMSBVC, a sociedade Resulima, que gere o aterro sanitário do Vale do Lima e Baixo Cávado, e o Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA).

No Natal do ano passado, a campanha de reciclagem, que decorreu entre 24 de dezembro e 06 de janeiro, recolheu 1.880 quilos de papel e cartão, evitando “o abate de aproximadamente 40 árvores”.

“Gostaríamos que a população aderisse de forma massiva a esta campanha para podermos retirar do circuito dos resíduos urbanos o papel e o cartão dos presentes de Natal que, como todos sabemos, é um bem reciclável”, frisou Vítor Lemos, que é também vice-presidente da Câmara de Viana do Castelo.

Os pontos de recolha daqueles resíduos vão ser colocados nas “zonas mais densamente habitadas” do concelho.

“Não temos um objetivo traçado para a campanha deste ano, mas estamos convencidos que, face ao sucesso de 2018, a população vai ser mais generosa com o ambiente. A população está a ficar cada mais consciente do impacto das alterações climáticas, das consequências dos nossos atos no planeta e, por isso, todos vão abraçar esta campanha com mais empenho que no ano passado”, referiu Vítor Lemos.

O responsável adiantou que os contentores vão ser colocados “no final da primeira quinzena de dezembro e até ao dia de Reis”, em janeiro de 2020. O material recolhido, com recurso a uma viatura específica, terá como destino final a central de triagem da Resulima, com vista à sua reciclagem.

Com esta iniciativa, a Câmara de Viana pretende “fomentar a correta separação dos resíduos, designadamente do papel de embrulho, que todos os anos era depositado nos equipamentos destinados à descarga de resíduos indiferenciados, desaproveitando-se assim este material como recurso”.

No início deste mês, um outro projeto de reciclagem lançado em 2018 e intitulado “Viana Abraça”, que visa incentivar a separação e compostagem doméstica de resíduos orgânicos, entregou diversos equipamentos às associações Acapo e Íris Inclusiva.

O projeto prevê que “por cada euro poupado com a compostagem doméstica e a recolha seletiva de orgânicos na zona urbana, a Câmara de Viana do Castelo doa outro euro para solidariedade”.

Segundo dados daquele projeto, em outubro já tinham sido entregues no concelho cerca de 7.500 ‘kits’ de compostagem. No mesmo mês, 1.653 famílias da zona urbana já separavam resíduos orgânicos, tendo desviado de aterro 4.880 quilos daqueles resíduos.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.