Altominho.tv
PEXELS

Chuva está de regresso esta terça-feira

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê que os próximos dias de agosto vão trazer alguma chuva. As temperaturas máximas vão estar entre os 23ºC e os 27ºC, no distrito de Viana do Castelo.

Para hoje, o IPMA prevê em Portugal continental um aumento de nebulosidade, com possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco. Nas regiões do Norte e centro o céu estará, em geral, muito nublado, e existe a possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco no litoral a norte do Cabo Carvoeiro. Mesmo assim, prevê-se uma pequena subida da temperatura mínima, em especial no litoral, e uma pequena descida da temperatura máxima.

Esta quarta-feira, haverá “precipitação nas regiões Norte e Centro, em especial no litoral, céu muito nublado, nebulosidade, em especial no litoral oeste e uma pequena descida da temperatura máxima nas regiões do interior”.

Para quinta-feira, prevê-se períodos de céu geralmente muito nublado, tornando-se gradualmente pouco nublados nas regiões do interior a partir do meio da manhã. Ocorrerá também períodos de chuva nas regiões Norte e Centro, em especial no litoral e até final da tarde e uma pequena subida da temperatura mínima.

O cenário mantém-se semelhante na sexta-feira, dia em que começa a regressar o sol. Para o fim-de-semana, já não está prevista chuva, mas haverá uma ligeira descida da temperatura máxima nos concelhos do Alto Minho.

Risco de exposição aos raios UV

Quase todo o país está hoje em risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV), sendo as regiões do litoral norte e a autónoma dos Açores, aquelas onde o risco é mais baixo.

De acordo com dados do IPMA, os distritos de Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Santarém, Setúbal, Portalegre, Lisboa, Évora, Beja e Faro são os que apresentam os índices mais elevados do território continental: 9, numa escala de 1 a 11, em que este é considerado “risco extremo”. 

Ainda em risco muito elevado, embora de nível 8, estão as regiões de Leiria, Coimbra e Vila Real, seguidas por Aveiro, Porto e Braga, com risco elevado, e Viana do Castelo, com risco moderado.

Quanto às ilhas, o arquipélago da Madeira está hoje com risco muito elevado de exposição à radiação UV, o mesmo sucedendo com a Ilha Terceira, nos Açores, embroa as restantes ilhas oscilem entre risco elevado e moderado.

O índice ultravioleta varia entre 1 e 2, em que o risco de exposição à radiação UV é baixo, 3 a 5 (moderado), 6 a 7 (elevado), 8 a 10 (muito elevado) e superior a 11 (extremo).

Para as regiões com risco muito elevado e elevado, o IPMA recomenda a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.