Altominho.tv
NOTÍCIAS AO MINUTO

Monção recebe em maio III Encontro Ibérico de Oncologia

O Centro de Apoio ao Doente Oncológico (CADO), com sede em Melgaço, vai promover, nos dias 10 e 11 de maio, o III Encontro Ibérico de Oncologia. A “Importância da equipa multidisciplinar” é o tema da terceira edição, que terá lugar em Monção.

Em comunicado, a organização explica que o objetivo do encontro é “acompanhar o ritmo do desenvolvimento da Oncologia e as respetivas implicações ao nível científico, formativo, social e da prática clínica”, bem como “interrelacionar conhecimentos entre os profissionais de saúde”.

Com periodicidade anual, esta iniciativa quer “reforçar o seu estatuto de reunião agregadora entre profissionais, na região do Alto Minho e Galiza”.

“Pretende-se continuar projetos para contribuir para a melhoria dos cuidados em Oncologia, em conjunto com profissionais que estão na linha da frente no tratamento e prevenção das doenças oncológicas, com ganhos efetivos em saúde, quer na sobrevivência como na qualidade de vida dos doentes”, sustentam.

Ana Ferreira, assistente social do IPO Porto, José Miguel Lopes, coordenador regional da ARS Norte dos Cuidados Paliativos, Michael Sapateiro do IPO Porto, Duarte Soares, presidente da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos, Irene Esperon, psicóloga clínica da Unidade de Cuidados Paliativos do Hospital do Meixoeiro de Vigo e Maria Dias da European Oncology Nursing Society são alguns dos oradores neste congresso.

A CADO procura dar apoio aos doentes oncológicos, aos seus cuidadores e familiares, bem como alertar e informar a população sobre as causas e efeitos da doença e ajudar na prevenção da mesma.

Esta associação apoia também o doente oncológico ao nível das questões socioeconómicas e jurídicas, presta cuidados a nível da reabilitação física, promove atividades de lazer e desportivas, promove a integração social dos doentes oncológicos na sociedade, proporciona fácil acesso em artigos essenciais para o bem-estar físico e psicológico do doente, entre muitos outros.

Constituída em abril de 2016, por um grupo de jovens, na sua maioria profissionais de saúde e da área social, a CADO encontra-se atualmente a funcionar nas antigas instalações dos Bombeiros Voluntários de Melgaço.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!