Altominho.tv

GNR detém homem por 40 furtos a residências, armazéns e empresas no Alto Minho

A GNR deteve um homem de 26 anos, em Braga, suspeito de ter praticado 40 furtos em residências, armazéns e estaleiros de empresas nos concelhos de Arcos de Valdevez, Ponte de Lima e Ponte da Barca, anunciou hoje aquela força de segurança.

Em comunicado, o Comando Territorial de Viana do Castelo da GNR adianta que a detenção foi efetuada no domingo, através do Núcleo de Investigação Criminal de Arcos de Valdevez.

“No âmbito de um processo de investigação, a GNR apurou que o detido se dedicava a furtar todo o tipo de artigos e equipamentos que contivessem metais não preciosos, principalmente ferro, inox e cobre, levando os mesmos dos locais dos furtos para uma garagem, onde procedia ao seu desmantelamento e separação dos componentes metálicos, para posteriormente os entregar em sucateiras”, lê-se na nota.

Segundo os militares, a investigação culminou na realização de oito mandados de busca, quatro em residências, um numa oficina e três em viaturas. “Duas carrinhas eram utilizadas para o transporte do material furtado e o veículo ligeiro funcionava como “batedor”, no sentido de detetar alguma autoridade durante a deslocação”, adiantam.

Desta ação foram recuperados duas armas brancas, uma arma de ar comprimido, máquinas de construção civil e ferramentas, eletrodomésticos, material informático, duas bicicletas, uma televisão, fios elétricos e diversas ferramentas utilizadas em furtos.

O homem de 26 anos, com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, permanece detido nas instalações da GNR, sendo presente esta terça-feira no Departamento de Investigação e Ação Penal do Porto.

Em resultado da operação, que contou com a colaboração da Polícia de Segurança Pública de Braga, foi ainda constituído arguido um homem de 36 anos, suspeito de ter participado nos furtos.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.