Altominho.tv

Alto Minho tem 1050 casos de Covid-19

A região do Alto Minho registou mais uma morte associada à Covid-19 e 139 novas infeções. Mais 74 pessoas recuperaram nos últimos dois dias. No total, há 1050 casos ativos.

Segundo os dados da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), o concelho de Viana do Castelo registou mais 33 novos casos e 26 recuperados. Com 291 infetados, continua a ser o concelho com o maior número de casos ativos.

Com a confirmação de mais 41 infetados e 13 recuperados, o número de casos ativos em Ponte de Lima subiu para 280.

Em Caminha, foi registada mais uma morte por Covid-19, elevando para seis o número total de vítimas mortais neste concelho. O número de casos ativos subiu para 135, depois de serem identificados mais 17 casos de infeção e nove recuperados.

Valença voltou a registar uma subida de casos e tem agora 116 infetados.

Mais 11 casos de infeção e dois recuperados foram registados em Arcos de Valdevez. O relatório epidemiológico divulgado esta sexta-feira pela  Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) dá conta de uma subida no número de casos ativos neste concelho, que tem agora 73 infetados.

Mais quatro casos positivos e oito recuperações levaram a uma descida de 54 para 50 casos ativos em Vila Nova de Cerveira.

O número de casos ativos de Covid-19 diminuiu de 48 para 47 no concelho de Paredes de Coura, depois de serem registados mais cinco casos de infeção e seis recuperados.

Monção tem mais um caso de Covid-19 e dois recuperados, contabilizando agora 32 casos ativos.

Mais dois novos casos e duas recuperações foram registados em Ponte de Barca, que se mantém, assim, com 14 infetados.

Melgaço tem atualmente 12 casos ativos, uma ligeira subida que se deve à confirmação de mais duas infeções e uma recuperação.

ULSAM
ULSAM