Altominho.tv

“Caminho de Torres”: Sessão de apresentação pública e divulgação sobre um dos itinerários jacobeus estruturados em Portugal, no dia 11 em Ponte de Lima

A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho vai promover no próximo dia 11 de fevereiro, a partir das 14h30, na Palacete Villa Moraes, em Ponte de Lima, uma sessão de apresentação pública e divulgação do projeto “Caminho de Santiago – Caminho de Torres”, um dos itinerários jacobeus estruturados em Portugal.

O Caminho de Torres é uma das rotas que une Salamanca a Santiago de Compostela, com cerca de 600 km e 24 etapas.

Este Caminho “junta localidades importantes para o imaginário medieval jacobeu como Amarante, Guimarães, Braga, Ponte de Lima, Paredes de Coura e Valença. Adota o nome do seu mais célebre peregrino, o escritor de Salamanca, Diego de Torres Villarroel (1694-1770), que fez o Caminho de Santiago em 1737, em cumprimento de uma promessa feita nos tempos do exílio português, escolhendo este caminho de peregrinação”, informou a CIM Alto Minho em nota enviada hoje.

“O relato que escreveu é conhecido por Peregrinación al glorioso Apóstol Santiago de Galicia“.

A sessão de sensibilização dos vários agentes, tem então lugar no próximo dia 11 de fevereiro, em Ponte de Lima.

A CIM Alto Minho informou ainda que esta sessão contará com a participação de um conjunto de oradores, nomeadamente Paulo Almeida Fernandes, assessor científico do projeto, que fará uma apresentação do Caminho de Torres; Nuno Pontes, peregrino dos Caminhos de Santiago e presidente da Associação Espaço Jacobeus (AEJ); David Ferreira, coordenador da Comissão de Certificação do Caminho de Santiago, que abordará a Regulamentação da Certificação dos Caminhos de Santiago; e Catarina Chaves, representante da Federação Europeia dos Caminhos de Santiago, cuja intervenção incidirá sobre o Caminho de Santiago como Rota Cultural Europeia: Federação Nacional dos Caminhos de Santiago.