Encontro de Culturas apela à integração e interculturalidade em Viana do Castelo

O Centro Cultural de Viana do Castelo vai ser palco, no dia 12 de outubro, de um “Encontro de Culturas”, que vai integrar migrantes do Brasil, São Tomé e Príncipe, Nepal, Irlanda, Itália e Venezuela para dar a conhecer as suas tradições e gastronomia.

A iniciativa, organizada pela Associação de Grupos Folclóricos do Alto Minho (AGFAM), “visa a inclusão e aproximação das culturas com a partilha de sentidos e emoções, dentro e fora do palco”.

“Este espetáculo cultural pretende abraçar o mundo, como a nossa cidade abraça estas comunidades. Está a ser preparado um espetáculo onde a multiculturalidade pode ser vivenciada, sentida e ouvida. Pretendemos transmitir uma mensagem de respeito, aceitação, integração e partilha”, afirma José Manuel Faria, presidente do Grupo Folclórico de Alvarães, grupo responsável pela coordenação do evento, citado na nota enviada à imprensa.

A edição de 2019 do “Encontro de Culturas” conta com a participação de “vinte e duas associações, entre elas quinze grupos folclóricos associados da AGFAM, bandas e escolas de música, escolas de dança, grupos de teatro, pintores, comunidades estrangeiras a residir na cidade de Viana do Castelo e ainda alguns convidados individuais”, adiantam.

Segundo a organização, “a representação, realizada por atores amadores, envolve as tradições, a dança, a música, as canções, a pintura, a poesia, o artesanato, o teatro e a gastronomia”.

O espetáculo tem início às 21h30 e o programa do evento inclui ainda uma mostra de sabores das várias culturas, pelas 20h00.