Feira do Alvarinho de Monção consolida-se como a “maior Wine Party” do país

A edição deste ano da Feira do Alvarinho, que agora se assume como “a maior Wine Party” de Portugal, terminou este domingo, no Parque das Caldas em Monção, com provas, conferências temáticas, venda de produtos locais e sobretudo muita animação.

Este evento, que tem vindo a assumir um papel de destaque na promoção do vinho Alvarinho, terá atingido nesta edição a maior afluência de público desde a sua criação, em particular na noite de sábado.

Embora a organização ainda não tenha avançado com números concretos, foi bem visível ao longo dos 3 dias um crescimento da afluência do público, que ainda terá, tendo em conta as características do espaço e implantação no terreno, margem para crescer.

Recorde-se que, pelo 2º ano consecutivo, a Feira do Alvarinho realiza-se num novo espaço, uma mudança que permitiu atrair mais visitantes e consolidar o evento.

 A transformação da feira, a mudança do local, a forma como se passou a comunicar um evento que já existia há muitos anos, conseguiu hoje alcançar um patamar, diria que mais do que nacional, somos hoje uma referência na Península Ibérica”, afirmou o presidente da câmara, António Barbosa.

A Feira do Alvarinho contou com 31 stands de produtores da sub-região de Monção e Melgaço, que apresentaram os seus melhores vinhos e algumas novidades.

O certame assume-se como um espaço de “promoção e comercialização daquele produto produzido em Monção e Melgaço”, de divulgação da atividade empresarial e associativa da região e como uma “montra” para a dinamização do mundo rural através da apresentação, valorização e comercialização de produtos e artigos locais e regionais.

Fotografia: Jorge Marçoa