Charutos dos Arcos seguem em frente nas 7 Maravilhas Doces de Portugal

O público decidiu que o doce Charutos dos Arcos é o representante do Alto Minho no concurso “7 Maravilhas Doces de Portugal”.

O resultado foi revelado no final do programa “7 Maravilhas Doces de Portugal”, emitido em direto a partir da Praça da Liberdade em Viana do Castelo.

De acordo com a lista revelada no momento anterior ao fecho das votações, terão ficado na 2ª posição as Roscas de Monção, seguido na 3ª posição pelo Bolo de Mel das Terras da Nóbrega, na 4ª posição surge o Arroz Doce de Perre, na 5ª posição o Leite Creme (Ponte de Lima), na 6ª posição a Torta de Viana e por último na 7ª posição o Sidónio (Viana do Castelo).

O formato deste concurso “7 maravilhas Doces de Portugal”, distribui-se em 20 programas de daytime, a emitir em direto pela RTP, nos meses de julho e agosto, e de cada programa sairá um pré-finalista que passa às semifinais.

Uma novidade desta edição é a existência de um Grande Júri, órgão de deliberação constituído por sete figuras do espaço mediático, que será responsável pela repescagem de oito candidatos que se irão juntar aos 20 pré-finalistas apurados pelo público, resultando numa lista de 28 pré-finalistas.

Os 28 pré-finalistas são divididos por sorteio pelas duas semifinais, nos dias 24 e 31 de agosto, dois programas em direto na RTP1, transmitidos em horário nobre. Em cada semifinal são apurados os sete doces, aqueles que tenham mais votos contabilizados. Nesta fase, os sete elementos do Grande Júri assumem grande preponderância, comentando e provando os Doces.

A Gala Finalíssima decorre a 7 de setembro de 2019 e será transmitida pela RTP1, em horário nobre. Dos 14 finalistas apurados vão ser eleitos sete doces pelos portugueses como 7 Maravilhas de Portugal.