Altominho.tv

GNR investiga alegada descarga poluente em monumento natural de Viana

O núcleo de proteção ambiental da GNR de Viana do Castelo está a investigar uma alegada descarga poluente no rio Âncora, no Monumento Natural Local das cascatas da Ferida Má, disse à Lusa fonte daquela força policial.

De acordo com a fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, “o caso foi reportado por um cidadão, estando a ser investigado pelos militares do núcleo de proteção ambiental”.

Contactado pela agência Lusa, o vereador do Ambiente da Câmara de Viana do Castelo, Ricardo Carvalhido, disse ter tido conhecimento do caso e adiantou que “irá reforçar o alerta para esta situação junto do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) e da Agência Portuguesa do Ambiente (APA)”.

Ricardo Carvalhido explicou que “só aquelas entidades possuem meios técnicos para determinar o tipo de poluente em causa”.
O responsável acrescentou que “a Câmara de Viana do Castelo está a acompanhar o caso”, manifestando “preocupação” por afetar “uma zona classificada” do concelho.

“É uma zona muito importante do ponto de vista da valorização da geodiversidade. É também um importante troço do rio Âncora. Vamos estar muito atentos ao evoluir deste caso por se tratar de um cartão de visitas do concelho. É muito importante, do ponto de vista da valorização turística e educação ambiental”, disse.

Em janeiro de 2018, o Monumento Natural Local das cascatas da Ferida Má foi um dos 13 monumentos naturais do concelho a concluir o processo de classificação no âmbito do projeto do Geoparque Litoral de Viana do Castelo.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!