Altominho.tv

ULSAM já tem novo presidente do conselho de administração

Victor Herdeiro é o novo presidente do conselho de administração da Unidade Local de Saúde (ULSAM) do Alto Minho, disse hoje à agência LUSA o presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho.

Manoel Batista adiantou que Victor Herdeiro, nomeado em março de 2021 presidente do conselho diretivo da Administração Central do  Sistema de Saúde (ACSS), “já está a constituir a equipa” que o acompanhará na administração da ULSAM e assumirá funções em novembro.

Licenciado em Direito, com uma especialização em Administração Hospitalar, Victor Herdeiro desempenhou o cargo de vice-presidente da Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica – AICIB.

Presidiu ao conselho de administração da Unidade Local de Saúde de Matosinhos, tendo também integrado o Núcleo Executivo da Comissão Nacional para o Desenvolvimento da Cirurgia de Ambulatório. Anteriormente, foi administrador hospitalar no Hospital Geral de Santo António, no Porto, e no Hospital Infante D. Pedro, em Aveiro.

Victor Herdeiro vai substituir Franklim Ramos, cujo mandato terminou em 2019 mas foi prorrogado até 31 de dezembro de 2021 devido à pandemia de covid-19.

O médico, que completa 68 anos em dezembro, começou em 2008 por desempenhar as funções de diretor clínico do hospital de Santa Luzia, sendo que entre 2011 e 2013 acumulou a direção clínica hospitalar com a presidência do conselho de administração daquela estrutura. Em 2014, assumiu o cargo de presidente, em exclusivo.

A ULSAM é constituída por dois hospitais: o de Santa Luzia, em Viana do Castelo, e o Conde de Bertiandos, em Ponte de Lima. Integra ainda 12 centros de saúde, uma unidade de saúde pública e duas de convalescença, e serve uma população residente superior a 244 mil pessoas dos dez concelhos do distrito de Viana do Castelo, e algumas populações vizinhas do distrito de Braga.

Em todas aquelas estruturas trabalham mais de 2.500 profissionais, entre eles, cerca de 500 médicos e mais de 800 enfermeiros.