Altominho.tv

Concluída rotunda reclamada há anos por Monção para reforçar segurança rodoviária

A Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou hoje a conclusão da empreitada de construção de uma rotunda na Estrada Nacional (EN) 202, no concelho de Monção, distrito de Viana do Castelo, que vai reforçar a segurança rodoviária.

Em comunicado enviado às redações, a IP adiantou que a obra representou “um investimento de cerca de 750 mil euros e, que a intervenção visou a melhoria das condições de acessibilidade, circulação e segurança”.

A construção daquela rotunda vem “substituir o anterior cruzamento onde se registava um índice de sinistralidade significativo”.

A empreitada incidiu sobre um troço da EN202 com uma extensão de aproximadamente 400 metros, e compreendeu a pavimentação integral do troço, a reformulação e adequação do sistema de sinalização horizontal e vertical, bem como os equipamentos de segurança existentes.

A obra incluiu ainda a “reparação e limpeza dos órgãos de drenagem existentes” e a “beneficiação das condições de mobilidade pedonal com construção de novos passeios e passadeiras, necessários à circulação e à realização de atravessamentos na rotunda”.

Em causa está a pretensão, reclamada há vários anos pela Câmara de Monção, junto da extinta Estradas de Portugal, agora IP, de transformação do cruzamento de São Pedro, na EN 2022, numa rotunda.

Trata-se de “uma zona de reta que se apresenta em plano inclinado e com pouca visibilidade para quem tenta aceder à estrada nacional”.

A construção da rotunda é reclamada desde 2011 face ao elevado número de acidentes rodoviários, alguns com vítimas mortais. Em 2013, o então presidente da Câmara de Monção, José Emílio Moreira (PS), ameaçou mesmo cortar a estrada caso se registasse algum acidente mortal.