Altominho.tv

Mais de 1500 alunos do Alto Minho participam nas Olimpíadas de Educação Financeira

As “Olimpíadas de Educação Financeira”, que decorrem até 24 de março, contam com a participação de mais de 1500 alunos dos agrupamento escolares do distrito de Viana do Castelo, entre os mais de 15 mil participantes de vários pontos do país.

O concurso, que abrange turmas do primeiro ciclo ao secundário, integra o programa “No Poupar Está o Ganho”, implementado pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, em articulação com os 10 municípios do Alto Minho e em colaboração com a Fundação Dr. António Cupertino de Miranda.

Até 24 de março, cada turma tem acesso a um quiz digital, através do site do projeto, para responder em conjunto, procurando acertar no máximo de respostas no menor tempo possível.

As 60 questões do jogo abordam várias das temáticas desenvolvidas ao longo do ano letivo, no âmbito do “No Poupar Está o Ganho”, desde o planeamento e gestão do orçamento aos sistemas e produtos financeiros (meios de pagamento, contas bancárias, empréstimos, seguros), passando pela poupança, ética, direitos e deveres do consumidor e ainda economia circular.

Durante a iniciativa, os estudantes vão poder competir entre si, enquanto desenvolvem os seus conhecimentos de literacia financeira. As turmas com melhor pontuação no quiz serão as vencedoras das “Olimpíadas de Educação Financeira”, a nível municipal ou nacional.

Os resultados serão conhecidos entre 29 e 31 de março, através das plataformas digitais do “No Poupar Está o Ganho”.

Para além das “Olimpíadas”, a iniciativa “No Poupar Está o Ganho” proporciona às turmas que integram o projeto um conjunto de conteúdos, recursos multimédia, jogos e livros digitais, que procuram “contribuir para a formação dos alunos enquanto futuros consumidores mais informados e conscientes”.

O programa integra também um ranking mensal interescolas, desafios mensais e um concurso final, com o objetivo de incentivar os alunos do projeto a aplicarem os conhecimento e competências de literacia financeira que adquirirem ao longo do ano.

Já aos professores que participam com as suas turmas no “No Poupar Está o Ganho” é proporcionada formação e acompanhamento contínuo, para que consigam facilmente integrar a literacia financeira (obrigatória no ensino básico) nos seus planos de aulas.

A iniciativa faz parte do projeto PIICIE – “Alto Minho School 4All” – “Planos Integrados e Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar”, cofinanciado pelo PO Norte 2020.