Altominho.tv

Câmara de Ponte de Lima abre concurso por 1,1 ME para reabilitar avenida de freguesia

A Câmara de Ponte de Lima vai investir 1,1 milhões de euros, na requalificação de uma via que atravessa a freguesia da Correlhã, uma das mais populosas do concelho, foi hoje divulgado.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da câmara, Vasco Ferraz (CDS-PP), adiantou que a abertura do concurso público para a execução da empreitada na avenida do Campo do Santíssimo foi aprovada em reunião camarária, na quarta-feira, estimando a sua conclusão para dentro de dois anos.

“Trata-se de uma obra de recuperação e regeneração urbana pura e dura, no centro geográfico da freguesia, e que vai ser executada sem financiamentos comunitários. É um investimento 100% municipal”, frisou o autarca.

A principal estrada que atravessa o centro da Correlhã, com cerca de quatro mil habitantes, dá acesso à Escola EB 23, ao campo de futebol, à igreja paroquial, entre outros equipamentos e serviços.

Com a empreitada que segue agora para concurso público, e que abrange uma área de 10.300 metros quadrados, a Câmara de Ponte de Lima “pretende requalificar o espaço central da avenida do Campo do Santíssimo, dando continuidade a uma intervenção anterior que privilegiou a abertura da avenida, na frente do Campo do Santíssimo”.

A obra prevê a ligação desse troço com o início da avenida, mantendo um perfil de rua homogéneo ao longo de toda a extensão. O perfil da avenida é caracterizado por passeios amplos, com baia de estacionamento de ambos os lados e cortina arborizada na secção inicial.

O projeto inclui a criação de “uma praça pedonal na frente da escola EB 2,3, permitindo retirar a circulação automóvel dessa zona e estabelecendo uma área de conforto e permanência aos peões, com cortina arborizada para produção de sombra e bancos”.

“É uma freguesia com uma dinâmica empresarial e comercial muito grande e esta obra já era esperada há muitos anos”, destacou o Vasco Ferraz.

A intervenção, com um prazo de execução de 18 meses, prevê, entre outras obras, a criação de um parque de estacionamento, junto à escola EB 2,3, num terreno que o município adquiriu para o efeito.

O “futuro parque de estacionamento terá capacidade para 80 veículos ligeiros e local para os autocarros escolares fazerem a recolha e chegada dos estudantes, circundado por uma cortina arbórea e espaço ajardinado contínuo, que estabelece um filtro entre o espaço automóvel e os espaços pedonais”.

Neste espaço “ficará também localizado o eco lugar, um anseio antigo da freguesia da Correlhã”.

O “entroncamento da avenida do Santíssimo com a Estrada Nacional (EN)203 permitirá a manobra, carga e descarga de três autocarros em simultâneo, zona de inversão de marcha e atravessamentos pedonais com patamar de descanso”.

“Esta intervenção traduz-se na substituição e alteração de todos os pavimentos existentes em betuminoso, cimento, para betão amarelo nos espaços pedonais, cubo de granito azul nas baias de estacionamento e betuminoso nas vias de circulação automóvel, a substituição das infraestruturas existentes, drenagem de águas pluviais, infraestruturas elétricas e colocação de nova iluminação pública.

“Com esta intervenção, outros equipamentos poderão surgir, uma vez que a câmara tem, no local, uma bolsa de terrenos consideravelmente grande. A avenida carecia deste arranjo há vários”, destacou Vasco Ferraz.