Altominho.tv
MUNICÍPIO DE VALENÇA

Mais de 93 mil peregrinos cruzaram ponte internacional que liga Valença e Tui

Os municípios de Valença e Tui, na Galiza, ligados por uma ponte centenária, registaram, em 2022, mais de 93 mil peregrinos do Caminho de Santiago que passaram naquele traçado secular.

Em comunicado, a Câmara de Valença explicou que “este é o número de peregrinos que, em 2022, fizeram o Caminho Português e levantaram a certidão na Oficina do Peregrino, em Santiago de Compostela”.

“Na realidade, esse número será bem superior (cerca de 120 mil peregrinos), já que se estima que aproximadamente 25% não levanta o certificado da peregrinação”, destacou.

Para o presidente da Câmara, José Manuel Carpinteira, citado naquela nota, “estes números refletem a importância crescente dos Caminhos de Santiago em Valença”.

O autarca acrescenta que “a tradição, a espiritualidade, a hospitalidade, a segurança e a valorização deste caminho secular contribuem para a aumento da dinâmica e atratividade do município de Valença”.

A autarquia refere que a eurocidade Tui-Valença é “a grande porta de entrada do Caminho Português para Santiago de Compostela na Galiza”, sendo um traçado onde confluem os peregrinos do Caminho das Torres, Caminho da Costa e Caminho Português Central.

“A recuperação pujante do Caminho Português para Santiago, após uma longa diminuição das peregrinações motivadas pela pandemia do Covid-19, está a dar um alento crescente a estas rotas. Antes da pandemia, em 2018, tinham passado cerca de 80 mil e, em 2014, esse número rondava os 35 mil peregrinos na eurocidade”, indica a nota.

De acordo com os dados divulgados pelo município, “o número total de peregrinos que chegaram a Santiago de Compostela em 2022 e recolheram o certificado de peregrinação foi 437 mil, um número histórico, superior em 25% a 2019”.