Altominho.tv

GNR acaba com festa ilegal em Viana do Castelo e detém homem por tráfico de droga

A GNR encerrou na madrugada de segunda-feira uma festa ilegal num armazém em Vila Nova de Anha, em Viana do Castelo, tendo detido um homem suspeito de tráfico de droga e identificado 40 participantes, foi hoje anunciado.

Fonte da GNR adiantou que a festa “estava a decorrer num armazém semiabandonado na freguesia de Vila Nova de Anha, no concelho de Viana do Castelo”.

A operação policial, desencadeada na madrugada de segunda-feira, resultou de “uma denúncia a informar da ocupação indevida de uma propriedade privada”.

No local, os militares da Guarda Nacional Republicana confirmaram “a apropriação ilegal” do espaço e “o evento não autorizado, com 40 participantes com idades compreendidas entre os 20 e os 41 anos, de várias nacionalidades”.

No decurso da ação policial, a GNR deteve “um homem de 26 anos, por tráfico de estupefacientes, e identificou todos os presentes por entrada e permanência no interior do referido, sem consentimento do proprietário, por falta de licença nos termos do Código do Direito de Autor e dos Direitos Conexos e da licença especial de ruído”.

No total, a GNR apreendeu 35 pastilhas de anfetaminas, 11,40 gramas de pó branco de anfetaminas, dois mil euros em dinheiro, três aparelhos eletrónicos, duas balanças de precisão digitais, vários sacos de pequena dimensão usados vulgarmente para o acondicionamento em doses individuais de produtos estupefacientes.

O detido foi constituído arguido e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Viana do Castelo.