Altominho.tv

Homem detido em Viana do Castelo por incêndios em viaturas e violência doméstica

Um homem de 42 anos foi detido por dois incêndios em automóveis, ocorridos no concelho de Viana do Castelo, e por violência doméstica, num quadro de “vingança” face à ex-companheira.

Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) adianta que “deteve o presumível autor de dois incêndios em viaturas automóveis, ocorridos durante a noite de 23 de junho e 14 de julho do corrente ano, numa freguesia do concelho de Viana do Castelo”.

“Através de chama direta e com recurso a líquido inflamável/acelerante, o arguido, nas duas situações, ateou fogo a viaturas utilizadas pela sua ex-companheira, que se encontravam parqueadas junto à habitação onde esta residia, juntamente com dois filhos menores”, explica a PJ.

Segundo esta força de investigação criminal, o homem agiu “por vingança”, em contexto de “violência doméstica”.

“Com tal conduta, colocou em risco a vida daquelas e de outras pessoas que ali residiam, a estrutura habitacional, bem como outras viaturas que se encontravam estacionadas nas garagens. Só a pronta intervenção de vizinhos e dos bombeiros evitou que os incêndios assumissem maiores proporções, evitando a sua progressão e as consequências daí resultantes”, conta a PJ.

As diligências efetuadas permitiram à PJ “a recolha e consolidação de substanciais elementos de prova, que conduziram à detenção fora de flagrante delito do indivíduo”.

O detido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação.