Altominho.tv

CIM Alto Minho arranca em novembro com novas iniciativas no âmbito da Educação


A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho deu nota que vai arrancar em novembro com novas iniciativas no âmbito da Educação.

Em comunicado, a CIM Alto Minho informou que “na continuidade das atividades que começaram no mês de outubro na área da educação, a CIM vai dinamizar, a partir deste mês de novembro, um conjunto de novas iniciativas promotoras do sucesso escolar à escala intermunicipal, no âmbito do projeto PIICIE – “Alto Minho School 4All” – “Planos Integrados e Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar”, cofinanciado pelo PO Norte 2020”.

Assim, já no dia 3 de novembro, arranca a iniciativa “Alto Minho – Criatividade em Ação: Exposição e Oficinas”, em parceria com o Centro de Formação do Vale do Minho, que se realizará, pelas 15h00, no Teatro Valadares, em Caminha, com a presença do novo presidente da CIM Alto Minho, Manoel Baptista.

Esta iniciativa consiste na realização de um FÓRUM, composto por cinco conferências, a realizar até dezembro, e uma MOSTRA, composta por quatro oficinas/ateliers.

“Pretende-se, desta forma, proporcionar aos alunos, professores, técnicos municipais de educação e a todos os agentes e comunidade educativa do Alto Minho, um espaço que, simultaneamente, integre momentos de reflexão e laboratórios de experimentação/oficinas sobre várias áreas de competências“.

Também para novembro está prevista a realização de ações de capacitação (uma por cada área de abrangência dos centro de formação de docentes do Alto Minho), para apresentação do projeto Brinca@Ciência à comunidade escolar envolvida.

“Este projeto englobou o desenvolvimento de diversos suportes pedagógicos direcionados para o ensino experimental das ciências para o 1º ciclo (3º e 4º anos de escolaridade) e para o 2º ciclo (5º e 6º anos), nomeadamente para as disciplinas de Estudo do Meio e de Ciências Naturais, respetivamente”.

Por fim, com o objetivo de, “por um lado, aprofundar o conhecimento que os alunos têm do Alto Minho – enquanto território com elevado potencial energético renovável endógeno e, por outro, informar e consciencializar para a importância do uso racional da energia no dia-a-dia, como forma de reduzir a emissão de gases com efeito de estufa para a atmosfera e a fatura energética – a CIM Alto Minho, em parceria com os municípios seus associados e com o apoio da AREA Alto Minho, arranca durante o mês de novembro com a dinamização do projeto “Energinus- 2º Edição”.

Este projeto é dirigido aos alunos das escolas do 1.º ciclo do ensino básico do Alto Minho e subordinado à temática da Energia.