Altominho.tv

Desmarcada greve após contratação de carteiros para Ponte da Barca e Arcos de Valdevez

O Sindicato Democrático dos Trabalhadores dos Correios, Telecomunicações, Media e Serviços (Sindetelco) desconvocou a greve marcada para setembro após os CTT contratarem cinco novos carteiros para Ponte da Barca e Arcos de Valdevez, foi hoje anunciado.

Em declarações, no final de uma greve às duas primeiras horas de cada turno e ao trabalho extraordinário, iniciada no dia 23, José Rocha, do Sindetelco, explicou que, face “à contratação de quatro trabalhadores e ao agenciamento de um quinto profissional, foi decidido desconvocar a segunda paralisação que deveria decorrer entre 07 e 20 de setembro.

“Com a entrada destes profissionais a distribuição de correio em Ponte da Barca e Arcos de Valdevez fica resolvida. Entre hoje e quarta-feira a distribuição do correio estará normalizada, sendo que esse trabalho será pago como horas extraordinárias”, afirmou José Rocha.

O sindicalista adiantou que os oito carteiros deslocados dos postos de Monção, Ponte de Lima e Vila Verde deixam de prestar serviço naqueles dois concelhos do distrito de Viana do Castelo, na segunda-feira.

Aquele reforço “temporário” foi decidido pelos CTT para assegurar os 16 giros (circuitos de distribuição) de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez.

“Com a entrada dos cinco novos funcionários os postos de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez ficam com um efetivo suficiente para garantir a distribuição atempada do correio”, sustentou José Rocha.

Recorde-se que por causa da falta de contratação de carteiros pelos CTT, as populações de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca estão há mais de 2 meses sem receber correspondência.