Altominho.tv

Quatro trabalhadores feridos após queda de andaime no Santuário da Peneda

A queda de um andaime instalado no Santuário da Peneda, na Gavieira, em Arcos de Valdevez provocou esta quarta-feira ferimentos em quatro trabalhadores, um dos quais ficou em estado grave e foi transportado ao hospital de Braga.

Em declarações à agência Lusa, o comandante dos Bombeiros de Arcos de Valdevez, Filipe Guimarães, explicou que o trabalhador que sofreu ferimentos graves, na sequência da queda de uma altura de entre seis e sete metros, foi transportado ao hospital de Braga com acompanhamento da Viatura de Emergência Médica (VMER) naquela unidade e da ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Melgaço.

Segundo Filipe Guimarães, os três trabalhadores que sofreram ferimentos ligeiros foram conduzidos ao hospital de Santa Luzia em Viana do Castelo.

O acidente de trabalho, que ocorreu cerca das 15h34 ainda por razões desconhecidas, foi comunicado à Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT).

Filipe Guimarães adiantou que o andaime, da empresa Montaluga, de Ovar, cedeu tendo os quatro trabalhadores no escadório daquele santuário.

“Os operários estavam a trabalhar numa obra de restauro de um pórtico do Santuário de Nossa Senhora da Peneda, quando a estrutura cedeu, causando a queda dos quatro homens cuja idade é ainda desconhecida”, adiantou.

Contactada pela Lusa, fonte da Diocese de Viana do Castelo informou que a obra de restauro do pórtico junto ao escadório e de um cruzeiro do santuário é da responsabilidade da Confraria de Nossa Senhora da Peneda que “garantiu terem sido tomadas todas as medidas para proteger os trabalhadores”.

A intervenção de restauro está a ser realizada no âmbito das Festas de Nossa Senhora da Peneda que decorrem entre 31 de agosto e 08 de setembro.

Ao local compareceram 12 operacionais dos Bombeiros de Arcos de Valdevez, com duas ambulâncias, os Bombeiros de Melgaço, com outras duas ambulâncias, a VMER de Braga e as SIV de Arcos de Valdevez e de Melgaço.

Datado do século XVIII, o santuário da Senhora da Peneda, situado na freguesia de Gavieira, no concelho de Arcos de Valdevez, é constituído pela igreja que foi terminada em 1875, por um grande terreiro dos evangelistas e uma escadaria com cerca de 300 metros, sendo que nas suas laterais existem 20 capelas que retratam cenas da vida de Cristo, e ainda os quartéis.

Em abril de 2020, A Diocese de Viana do Castelo elevou o templo da Senhora da Peneda a Santuário por decreto do bispo Anacleto Oliveira, quando se celebram oito séculos de devoção à santa.

A Diocese justificou o reconhecimento como santuário por se tratar de “um dos monumentos marianos mais notáveis” do distrito de Viana do Castelo e, “pela sua antiguidade, dos mais venerados em todo o Alto Minho, estendendo-se o seu prestígio e influência à vizinha região autónoma da Galiza, em Espanha”.

No mesmo ano, a Câmara de Arcos de Valdevez iniciou o processo de classificação nacional do Santuário junto do Ministério da Cultura, nomeadamente Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN) e Direção Geral do Património Cultural (DGPC).