Altominho.tv
IPVC

Residências do Politécnico de Viana do Castelo com 400 camas disponíveis durante o verão

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) volta a promover o programa “Summer Residence IPVC”, disponibilizando 400 camas nas residências académicas de Viana do Castelo e de Ponte de Lima.

Em comunicado, a instituição de ensino adianta que, apesar dos condicionalismos impostos pela pandemia, o programa “Summer Residence IPVC”, direcionado para o público jovem, essencialmente para estudantes do ensino superior, continua a abrir as portas das residências académicas durante o período de verão.

“Proporcionamos alojamento a preços acessíveis, condições mais favoráveis e com segurança para a população jovem, essencialmente estudantes do ensino superior, que vem em grupo e com a bandeira”, explicou na nota enviada à imprensa o administrador dos Serviços de Ação Social do IPVC, Luís Ceia, acrescentando que existem 300 camas disponíveis em Viana do Castelo e mais 100 em Ponte de Lima

O programa é também vocacionado para o alojamento em grupo. “Disponibilizámos o alojamento para grupos que estejam integrados em associações sem fins lucrativos e também para apoiar eventos apoiados, por exemplo, pelos municípios e que não haja capacidade de resposta”, esclareceu Luís Ceia, referindo que “existe um regulamento interno aprovado e com tabela de preços já definidos para o efeito”.

O objetivo é, segundo o administrador, “apoiar um público muito específico, que geralmente vem em grupos sem fins lucrativos ou que tem efeitos benéficos para a comunidade”.

O IPVC tinha ainda um acordo com a organização do festival NeoPop durante o mês de agosto, período durante o qual a residência do Centro Académico ficava praticamente ocupada. Este ano, o festival voltou a ser cancelado e não se reeditou o protocolo.