Altominho.tv

Investimento de 10 do Hospital Particular cria 120 empregos em Viana do Castelo

Um investimento privado de mais de 10 milhões de euros num novo hotel sénior e hospital de ambulatório em Viana do Castelo vai criar 120 novos empregos, sendo que a construção começará em 2022, disse hoje a administração.

Em declarações, o diretor adjunto operacional do Hospital Particular de Viana do Castelo – Grupo Saúde, Duarte Antunes adiantou que o início da construção do novo hotel sénior e hospital de ambulatório está previsto para “o segundo trimestre de 2022, num investimento de 10 milhões de euros, sem contabilizar os equipamentos”.

Segundo Duarte Antunes, o novo edifício nascerá num terreno situado na Avenida Capitão Gaspar de Castro, em Viana do Castelo.

“O edifício terá uma área de construção de aproximadamente oito mil metros quadrados, distribuídos por cinco pisos. O edifício responderá aos mais elevados critérios de qualidade, tendo como preocupações principais a sustentabilidade e inserção com o meio envolvente”, explicou Duarte Antunes.

O terreno, na Avenida Capitão Gaspar de Castro, uma das principais artérias da cidade, onde se encontram localizados uma unidade hoteleira de cinco estrelas e vários estabelecimentos de ensino, entre outros, foi comprado em 2008 pelo Hospital Particular de Viana do Castelo.

Em 2004, ainda na posse do Lar de Santa Teresa, o terreno onde vai nascer a nova unidade geriátrica do hospital particular chegou a ser apontado como local do novo centro de saúde de Viana do Castelo, mas o negócio com o Governo de então não chegou a concretizar-se.

Segundo o diretor clínico do Hospital Particular-Grupo de Saúde, Domingos Oliveira, “o projeto contempla a execução de um hotel sénior com 40 quartos individuais e 20 duplos totalizando uma ocupação máxima de 80 hóspedes e, uma unidade clínica com serviços de fisioterapia, gastroenterologia, e o alargamento do ambulatório com todas as especialidades”.

“Este novo projeto do hospital particular insere-se numa política de crescimento do grupo, sempre com o foco de estreitar os laços com Viana do Castelo, reforçando a oferta dos serviços já prestados e tentando disponibilizar aos cidadãos novos serviços que vão ao encontro das suas necessidades”.

Atualmente o hospital particular tem uma unidade com sete pisos, três dos quais para internamento, com capacidade total de 48 camas, empregando 150 funcionários, integrados nos quadros, a que acrescem 150 colaboradores.

O hospital particular de Viana do Castelo, inaugurado em 2004, detém ainda uma unidade de saúde em Barcelos, no distrito de Braga, outra em Ponte de Lima com consultas, radiologia e serviço de fisioterapia, uma clínica de ambulatório em Valença, uma clínica de gastroenterologia em Viana do Castelo e um polo de fisioterapia em Vila Praia de Âncora.