Altominho.tv

Paredes de Coura adota várias medidas de prevenção de incêndios florestais

Com o início do mês de junho, e ao abrigo da legislação em vigor, o Município de Paredes de Coura deu hoje nota que “condiciona a realização de queimas de amontoados e de sobrantes, agrícolas ou florestais, ou de outra natureza vegetal. As queimas podem ser realizadas após registo e apenas da parte da manhã, sempre até às 11h00”.

“É importante que as queimas de amontoados e sobrantes agrícolas sejam feitas com todos os cuidados. Segundo um relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas de 2019, um terço dos incêndios teve origem em queimas ou queimadas”, recorda Vitor Paulo Pereira, presidente da Câmara de Paredes de Coura, sustentando a importância de “tomar todos os cuidados. Como se costuma dizer, todos os cuidados são poucos”, insistiu.

À semelhança de anos anteriores, esta medida do Município de Paredes de Coura “tem a ver com a proximidade dos meses de verão, cujas temperaturas são mais elevadas, mas também pela redução da humidade e das precipitações. Nesta perspetiva, os cuidados na prevenção de incêndios devem aumentar”.

Em nota enviada esta sexta-feira, a autarquia referiu ainda que “No sentido de todos colaborarmos na Prevenção de Incêndios Florestais, sugere-se que façamos amontoados de pequena dimensão. Quem tiver muitos sobrantes, deverá formar vários montes, queimando-os aos poucos”.

Recorde-se que a partir do dia 1 de julho e até 30 de setembro as queimas manter-se-ão proibidas.