Altominho.tv

Passadiços do Vale do Mouro já estão em construção em Monção

Os Passadiços do Vale do Mouro já estão a ser construídos e integram um projeto que pretende requalificar as margens do rio Mouro até à freguesia de Riba de Mouro, em Monção.

Em comunicado, a Câmara de Monção explica que a intervenção procura criar “mais um motivo de promoção e visitação do território, aumentando o interesse e a atratividade turística na região do Vale do Mouro”.

“Este investimento possibilitará também a abertura de novas oportunidades na área do turismo, potenciando o aparecimento de atividades e serviços ligados ao meio natural e fluvial”, sustenta o município.

Com um investimento global de 151.317,42 euros, a empreitada contempla “a valorização dos caminhos existentes e a instalação de passadiços de madeira”.

A primeira fase do projeto “Rio Mouro para Desfrutar”, numa extensão de cerca de um quilómetro, já está a decorrer. A intervenção “começou na zona histórica, passa pela área de lazer, muito procurada no verão, e continua para montante, acompanhando a margem do rio Mouro”.

No início do percurso, será colocado um painel informativo alusivo à história e à importância de Ponte do Mouro no contexto local e nacional, estando igualmente prevista a requalificação da atual travessia pedonal sobre o rio, tornando-a mais acessível, funcional e segura.

Segundo a Câmara de Monção, o projeto tem em consideração “os objetivos de preservação e promoção dos valores ecológicos e ambientais daquele território, assegurando-se, em paralelo, a defesa e valorização dos elementos patrimoniais e paisagísticos existentes, bem como a salvaguarda das áreas de maior sensibilidade natural”.

O município garante que “toda a intervenção decorrerá sobre o caminho existente e zonas compactas marginais ao rio Mouro, não colidindo com a paisagem natural, com os movimentos habituais do rio em períodos de cheia ou com alterações na vegetação autóctone, e a morfologia do terreno será respeitada, através da utilização de técnicas de construção adaptadas a cada local”.