Altominho.tv

Quatro infraestruturas desportivas do Alto Minho foram contempladas para reabilitação

O governo acaba de publicar a lista de contemplados no PRID2021-Programa de Reabilitação de Infraestruturas Desportivas. No Alto Minho foram contempladas 4 estruturas desportivas que serão reabilitadas a partir deste ano.

Em todo o país, serão 94 infraestruturas desportivas que irão sofrer renovações. A lista dos espaços no âmbito da edição de 2021 do Programa de Reabilitação de Infraestruturas Desportivas (PRID), acaba de ser publicada no site do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

No Alto Minho, são quatro as infraestruturas desportivas contempladas. Os objetos de intervenção são diversificados e incluem a “melhoria da eficiência energética com Iluminação LED, na infraestrutura desportiva da Associação Desportiva de Barroselas”, a “remoção de amianto, substituição de revestimento da cobertura e melhoria da eficiência energética, assim como a instalação de painéis solares térmicos no posto náutico, do Sporting Club Caminhense”, a “melhoria da eficiência energética com Iluminação LED e a reabilitação das instalações de apoio do polidesportivo da União Desportiva Os Raianos” e a “melhoria da eficiência energética com Iluminação LED, no Estádio Dr. Lourenço Raimundo do Sport Clube Valenciano”.

Com um montante de mais de 2 milhões de euros, que têm de ser majorados com investimento local, serão reabilitadas infraestruturas de norte a sul do país: 24 na região Norte, 27 na região Centro, 25 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 10 no Alentejo e 8 no Algarve.

No âmbito da aprovação em Conselho de Ministros do Fundo de Apoio para a Recuperação da Atividade Física e Desportiva, o IPDJ dotou a edição extra de 2021 do Programa de Reabilitação de Infraestruturas Desportivas (PRID) com mais três milhões de euros. As candidaturas ao denominado PRID2021+ abrem esta segunda-feira, dia 3 de maio (de 3 a 14 de maio).

O PRID foi lançado em 2017 pelo Governo, dada a inexistência de planos/fontes de financiamento destinadas à requalificação de infraestruturas desportivas, bem como a inexistência de fundos comunitários aos quais clubes e associações se possam candidatar, no atual quadro financeiro de apoio.

As cinco edições do PRID envolvem a reabilitação de cerca de 450 infraestruturas desportivas, num investimento global de mais de 25 milhões de euros, financiando o Governo, através do IPDJ, cerca de 9 milhões de euros.