Altominho.tv

Portugal com 275 mortes em 24 horas, novo máximo

Portugal registou hoje 275 mortes relacionadas com a covid-19, o maior número de óbitos em 24 horas desde o início da pandemia, e 11.721 novos casos de infeção com o novo coronavirus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

A região de Lisboa e Vale do Tejo é a que regista mais óbitos em 24 horas (mais 125) e o Norte contabiliza o maior número de novas infeções (mais 4188).

A Direção-Geral da Saúde indica que mais 195 doentes foram internados, num total de 6117 hospitalizações devido à covid-19. Há 742 doentes em Unidades de Cuidados Intensivo, mais 22 do que no sábado.

A maioria das pessoas que morreram encontrava-se na região de Lisboa e Vale do Tejo (125). No Centro morreram 54 pessoas, no Norte 57, no Alentejo 30 e no Algarve oito. Quanto às regiões autónomas, na Madeira morreu uma pessoa, enquanto nos Açores, nas últimas 24 horas, não foram registados óbitos por Covid-19.

Já a região onde se registou mais novos casos foi o Norte (4.188), contrariando a tendência dos últimos dias. Em Lisboa e Vale do Tejo foram confirmados 4.167 infetados, no Centro 2.219, no Alentejo 623, no Algarve 424, na Madeira 51 e nos Açores 49.

O número de casos ativos aumentou de novo, contando-se agora 169.230 pessoas a batalhar com a doença, mais 6.279 que no sábado. A maioria dos casos ativos encontra-se a recuperar em casa. Ainda assim, há 6.117 pessoas internadas, mais 195 face ao balanço anterior. Nos cuidados intensivos estão 742 doentes, mais 22 que no dia anterior.

Já o número de recuperados cresceu também, em 5.167 para um total de 456.491 pessoas que já recuperaram da infeção. O boletim epidemiológico dá ainda conta de mais 4.432 pessoas sob vigilância ativa das autoridades de saúde, depois de terem contactado com outro caso positivo. No total, estão 210.664 pessoas nesta situação.