Altominho.tv

Mais sete mortes no Alto Minho. Casos ativos sobem para 1179

A região do Alto Minho registou desde a passada segunda-feira mais sete mortes associadas à Covid-19, 376 novas infeções e 105 recuperados. No total, há 1179 casos ativos.

Segundo os dados divulgados esta quarta-feira pela Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), as vítimas mortais foram registadas nos concelhos de Melgaço (1), Monção (2), Ponte de Lima (2), Valença (1) e Viana do Castelo (1).

Viana do Castelo continua a ser o concelho com maior número de casos ativos (444), seguido de Ponte de Lima (163) e Caminha (129).

Mais 143 casos de infeção e 30 recuperados foram registados no concelho de Viana do Castelo. O concelho de Ponte de Lima registou 59 novos casos de infeção e 13 recuperações. Já Caminha somou 36 casos de infeção e seis recuperados nos últimos dois dias.

Em Arcos de Valdevez ocorreu uma subida de infeções. Com mais 38 casos de infeção e 14 recuperados, o concelho tem agora 127 casos ativos.

O concelho de Ponte da Barca registou uma nova subida de casos ativos e tem agora 100 infetados, após a confirmação de 38 novos casos de Covid-19 e 25 recuperados.

O número de casos ativos continua a aumentar em Valença. Com mais uma morte, 19 infeções e cinco recuperados nos últimos dois dias, há agora 54 infetados neste concelho.

O concelho de Melgaço registou mais uma morte, 11 casos e uma recuperação. O número de casos ativos subiu para 50.

Além de registar duas vítimas mortais, Monção somou 14 casos de infeção e 11 recuperados. Há agora 45 infetados.

Com mais 11 infeções e quatro recuperados, Vila Nova de Cerveira tem 35 casos ativos.

Mais 12 casos de Covid-19 e uma recuperação foram registados em Paredes de Coura. O número de casos ativos subiu para 32 neste concelho.

Desde o início da pandemia, o distrito de Viana do Castelo registou um total de 7716 casos, 6373 recuperados e 164 óbitos.

ULSAM
ULSAM