Altominho.tv

Miguel Alves reeleito líder distrital do PS quer manter Câmara de Viana do Castelo

O presidente da Câmara de Caminha, Miguel Alves, foi reeleito na sexta-feira à noite líder da Federação Distrital de Viana do Castelo do PS, definindo como “prioridade das prioridades” manter o município capital de distrito.

“A Câmara de Viana do Castelo é a prioridade das prioridades. Estando o camarada José Maria Costa impedido de se apresentar a novo sufrágio por força da limitação de mandatos, sabemos bem que os nossos adversários sonham com a possibilidade de poderem chegar ao poder. Estão enganados. O PS de Viana do Castelo vai apresentar-se ainda mais forte nas próximas eleições”, afirmou Miguel Alves, candidato único às eleições.

Nas eleições realizadas na sexta-feira estavam em condições de votar 853 militantes.
“Fui reeleito com 82% dos votos expressos. A participação global foi de 54% de militantes inscritos, o que é significativo no contexto da pandemia e do candidato único”, adiantou o autarca de 44 anos.

Em declarações após a contagem dos votos, Miguel Alves insistiu que nas autárquicas de 2021 “o PS vai preparar-se para vencer mais câmaras, mais juntas de freguesia e aumentar o número de autarcas eleitos no distrito de Viana do Castelo”.

“O PS do Alto Minho tem consciência das diferentes dificuldades nos distintos distritos, mas não vai pedir licença a ninguém para jogar forte. Pelo contrário, o PS quando compete, compete sempre para ganhar”, sustentou.

Reeleito para o terceiro mandato, o socialista que é também presidente do Conselho Regional do Norte, órgão consultivo da Comissão Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN), agradeceu aos militantes que “organizaram e votaram numas eleições atípicas, muito marcadas pela pandemia de covid-19”, considerando ter sido “um ato de cidadania e coragem”.