Altominho.tv

Três utentes e uma funcionária infetados em lar da Misericórdia de Melgaço

O provedor da Misericórdia de Melgaço disse hoje que três utentes e uma funcionária do lar Pereira de Sousa estão infetados com covid-19 e que foram testadas mais de 100 pessoas daquela resposta, num rastreio pago pela câmara.

Contactado pela agência Lusa, Jorge Ribeiro, adiantou que “outras sete funcionárias com sintomas estão a aguardar em casa os resultados dos testes”, manifestando “preocupação com a falta de recursos humanos para responder às necessidades daquela resposta social”.

O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Melgaço, no distrito de Viana do Castelo, acrescentou que o lar Pereira de Sousa tem cerca de 60 idosos e 44 funcionários.

“Foram todos testados, no sábado. Os resultados devem ser conhecidos na quarta ou quinta-feira. Desde 24 de março que a Câmara de Melgaço está a suportar todos os custos destes despistes”, salientou.

Jorge Ribeiro referiu que os quatro casos de infeção por covid-19 foram detetados no hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo.

“A funcionária está bem. Os três idosos, com outros problemas de saúde associados, também se encontram estáveis”, especificou o provedor.

A Misericórdia tem ainda outro lar, o Cantinho dos Avós, com 30 utentes e 25 funcionários “sem qualquer caso confirmado ou suspeito”.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 345 mortes, mais 34 do que na véspera (+10,9%), e 12.442 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 712 em relação a domingo (+6%).

Dos infetados, 1.180 estão internados, 271 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 184 doentes que já recuperaram.