Altominho.tv
LAR MARIA LUÍSA

“Vamos ficar todos bem”: as mensagens de esperança deixadas pelas crianças, jovens e idosos do Alto Minho

Crianças, jovens e utentes de lares de idosos estão a pendurar panos e cartazes com desenhos de arco-íris, nas varandas, e a enviar mensagens de coragem e esperança a familiares e amigos.

“Vai ficar tudo bem” e “Vamos todos ficar bem” são os lemas que se leem, por estes dias, nas ruas e em publicações partilhadas nas redes sociais, por várias instituições do Alto Minho.

O Centro de Acolhimento Temporário CAT Raio de Sol, de Melgaço, coloriu uma varanda com “uma afirmação de união”, garantindo que “a semente da esperança já está lançada”.

“Juntos, [as crianças, adolescentes e jovens] deram seguimento à iniciativa italiana para o período de quarentena, que consiste na criação de cartazes com arco-íris e a mensagem “Vamos todos ficar bem” (em italiano, andrà tutto bene)”, lê-se na publicação partilhada na página de Facebook do Centro Paroquial e Social de Chaviães.

CENTRO PAROQUIAL E SOCIAL DE CHAVIÃES

Também os utentes do lar de idosos da Santa Casa da Misericórdia de Melgaço enviaram mensagens através das redes sociais, com “o intuito de minimizar as saudades das famílias e amigos”.

“Vamos ficar todos bem” é a frase que se lê no cartaz que exibem os utentes do Lar de Idosos Maria Luísa, em Vila Nova de Cerveira.

“Somos uma Instituição: “Arco-Íris”, e depois da tempestade vem…” é a mensagem que acompanha as imagens partilhadas na página de Facebook.

LAR MARIA LUÍSA