Altominho.tv
DR

Ponte de Lima incentiva separação de resíduos nas escolas

Sensibilizar para a importância e necessidade da correta separação dos resíduos é o objetivo do programa Ecovalor que vai ser implementado, ainda este mês, nas escolas do concelho de Ponte de Lima.

Em comunicado, o município adianta que, juntamente com a Resulima, sociedade que gere o aterro sanitário do Vale do Lima e Baixo Cávado, está a desenvolver uma iniciativa que prevê “a sensibilização e educação ambiental junto da comunidade escolar” e que procura “assegurar uma maior e mais informada participação da população”.

As escolas, segundo a autarquia, são convidadas a aderir ao programa que pressupõe “a entrega de sacos e o correto acondicionamento dos resíduos de plástico/metal, que são, posteriormente, recolhidos pela Resulima. Também os resíduos de papel/cartão podem ser separados e recolhidos para valorização”.

De acordo com o regulamento, a campanha prevê diversos prémios de participação para todas as escolas.

O programa Ecovalor está integrado na estratégia de inovação social da EGF, acionista da Resulima, e conta com o apoio do Fundo de Coesão da União Europeia através do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

Esta campanha, associada a outras que têm ocorrido em toda a área geográfica da Resulima, permitiu obter em 2019, comparativamente ao ano de 2018, “um crescimento de cerca de 13%, nos quantitativos de resíduos recicláveis (papel/cartão, plástico/metal e vidro) recolhidos”, conclui a nota enviada à imprensa.

O município de Ponte de Lima informou ainda que, em parceria com a Resulima, dotou todas as escolas do concelho com recipientes para a deposição de pilhas e acumuladores.