Altominho.tv

Câmara de Valença exige “mais rapidez” à EDP na substituição de lâmpadas da iluminação pública

O presidente da Câmara de Valença, Manuel Lopes, exigiu esta sexta-feira à EDP “mais rapidez na substituição de lâmpadas da iluminação pública e melhor serviço de fornecimento de energia elétrica no concelho”.

“As luminárias públicas existem porque fazem falta às pessoas, se uma lâmpada funde terá de ser substituída rapidamente. A EDP tem de atuar com mais rapidez nestes casos”, defendeu o autarca, citado numa nota hoje enviada à imprensa.

No documento, a Câmara da segunda cidade do Alto Minho explicou que a posição de Manuel Lopes foi transmitida hoje numa reunião onde participaram o diretor regional da EDP, Miguel Santos, e o diretor da EDP Distribuição, Miguel Pinto.

Segundo aquele município, “o diretor regional da EDP comprometeu-se, em 15 dias, a solucionar as falhas na substituição de lâmpadas e a tensão nas redes”.

“Valença quer ver, com urgência, resolvidos os problemas de substituição de lâmpadas na iluminação pública, nas freguesias e na sede do concelho, bem como as falhas de tensão na rede”, sustenta a câmara na nota.

Para a Câmara de Valença, “a EDP não está a cumprir os prazos normais e correntes na substituição de lâmpadas fundidas da iluminação pública”, situação que o município considera estar “a prejudicar a segurança e o conforto dos munícipes, um pouco por todo o concelho, e que tem motivado muitas queixas justas da população”.

“Valença quer que a EDP invista na modernização da rede de distribuição de energia no concelho, de modo a evitar as quebras regulares de tensão em algumas freguesias. Uma situação que prejudica a vida das pessoas e das empresas”, reforçou.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.