Altominho.tv

Mais de 88 mil peregrinos passaram por Valença e Tui a caminho de Santiago

A eurocidade constituída por Valença e Tui, na Galiza, registou, em 2019, mais de 88 mil peregrinos do Caminho de Santiago de Compostela.

Em comunicado, o município português sublinhou que, no ano passado, registaram-se “88.310 peregrinos que passaram ou começaram a sua peregrinação na eurocidade”.

“O número de peregrinos tem crescido sempre. Se no ano passado foram 88.310 os que chegaram a Santiago e pediram a bula compostelana, em 2014 eram 35.494 mil oriundos de todos os cantos do mundo”, destacou.

“A história e simbologia jacobeia que Valença e Tui aportam, há séculos, com autenticidade, às peregrinações para Santiago muito tem contribuído para alcançar estes números. Associada à história, às marcas patrimoniais, o aspeto lendário e de cultura popular fazem parte indissociável de Valença e Tui”, sustentou a autarquia liderada por Manuel Lopes.

De acordo com os dados divulgados hoje pela câmara portuguesa, “em 2019 foram 72.361 os peregrinos a percorrer o caminho português do interior, quando em em 2018 foram 67.816 e, em 2014, 34.715 peregrinos”.

“O caminho português do interior é o segundo percurso que mais peregrinos leva a Santiago de Compostela depois do caminho francês”, refere a nota enviada à imprensa.

O município adiantou ainda que “o Caminho Português da Costa atrai cada vez mais peregrinos até Valença”. “Em 2019 foram 15.949, no ano anterior eram 13.836 e em 2014 apenas 779.”

O distrito de Viana do Castelo é atravessado por duas rotas seculares do Caminho Português de Santiago, na Galiza, uma pelo interior e outra junto à orla marítima. A rota do interior faz-se por Ponte de Lima até Valença, num total de 38 quilómetros que integram a estrada real (Porto-Barcelos-Ponte de Lima-Valença), considerada a espinha dorsal dos caminhos portugueses de Santiago, onde confluem quase todos os demais percursos.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.