GNR detém cinco homens em Valença por tráfico de droga junto às escolas

A GNR deteve, em Valença, cinco homens, com idades compreendidas entre os 17 e os 29 anos, por tráfico de estupefacientes e posse ilegal de armas.

Em comunicado, o Comando Territorial de Viana do Castelo adiantou que a detenção ocorreu na quarta-feira e que a investigação já decorria há mais de quatro meses, tendo sido possível “reunir provas que indiciam os suspeitos de tráfico de estupefacientes junto aos estabelecimentos de ensino da cidade de Valença, locais onde efetivavam a venda”.

Decorrente da referida investigação, foi dado cumprimento a 14 mandados de busca, dos quais, sete em residências e sete a veículos, que culminaram na apreensão de 177 doses de haxixe, 30 doses de MDMA, duas armas de fogo, duas armas brancas, 25 munições de diversos calibres, 13 telemóveis, dois veículos, uma placa em cerâmica, uma faca de corte e 1317 euros em numerário.

Segundo a GNR, um dos detidos, com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, ficou detido nas instalações da GNR.

Os cinco detidos foram presentes a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Valença. A um dos indivíduos foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva e aos restantes foi aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.

Além das detenções, foram ainda constituídos arguidos mais três homens.

Nesta operação, estiveram envolvidos 44 militares das diversas valências policiais do Comando Territorial de Viana do Castelo, Braga e Porto.