Real Confraria do Vinho Verde Tinto entroniza 13 novos confrades

O quarto capítulo de entronização da Real Confraria do Vinho Verde Tinto vai realizar-se no sábado, em Monção. Nesta cerimónia, que terá lugar no Cine Teatro João Verde, serão acolhidos 13 novos confrades.

Entre os novos embaixadores destacam-se o presidente da Câmara Municipal de Melgaço, Manoel Baptista, o vice-presidente da Câmara Municipal de Monção, João Oliveira, o antigo Alcalde de Salvaterra de Miño, Arturo Grandal Vaqueiro, e o chef José Cordeiro.

Neste dia, será celebrado um “hermanamento” com a Confraria dos Vinhos Tintos das Rias Baixas, da Galiza, sendo entronizados os novos elementos da Real Confraria do Vinho Verde Tinto.

Como confrades de honra estarão Anselmo Mendes, enólogo e produtor de vinhos, Armando Fontainhas, presidente da Adega Cooperativa Regional de Monção, e José Emílio Moreira, antigo presidente da cooperativa monçanense e da Câmara Municipal de Monção.

O programa da cerimónia tem início previsto para as 10h00, momento em que a confraria anfitriã receberá as confrarias convidadas, no Museu do Alvarinho, seguindo-se o habitual desfile. Pelas 13h00, decorrerá um almoço-convívio na Quinta da Uva.

Constituída formalmente em outubro de 2016, a Real Confraria do Vinho Verde Tinto tem como objetivo relançar a produção e comercialização daquele produto vínico da sub-região de Monção e Melgaço, procurando igualmente contribuir para a preservação da tipicidade rural e valorização da autenticidade paisagística do território.