PIXABAY

Alto Minho distribui 600 mil euros pelos 10 municípios para reduções nos transportes

A Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho vai distribuir mais de 600 mil euros do Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos (PART), pelos 10 municípios da região para aplicarem as reduções tarifárias nos transportes públicos.

A CIM do Alto Minho adiantou, em comunicado enviado à Lusa, que aquela forma de aplicar os 602.466 euros atribuídos ao território, dos quais 14.694 euros comparticipados pelos seus dez municípios, foi acordado, por unanimidade, no conselho intermunicipal da estrutura.

Segundo a CIM Alto Minho, “em 2019, a aplicação do PART privilegiará uma lógica de política de transportes de proximidade orientada para o reforço da coesão social e económica à escala eminentemente concelhia”.

“Neste primeiro ano, cada autoridade de transportes municipal estruturou o PART em função das especificidades da sua população, das características distintivas do seu território, ou dos próprios apoios que anteriormente já concedia, definindo o conjunto de medidas de redução tarifária, ou de aumento da oferta / rede que considerou mais adequado para procurar aumentar gradualmente a utilização dos transportes coletivos em particular nas deslocações internas da sua população, numa perspetiva de reforço da coesão concelhia”, especifica a associação de municípios.

A CIM do Alto Minho adianta que “as medidas a desenvolver em 2019, estão a ser objeto de concertação e decisão por parte dos municípios, perspetivando-se que a respetiva operacionalização e divulgação por parte de cada uma das autoridades de transportes municipais possa ser assegurada, na maioria dos casos, até ao final do 1º semestre do corrente ano”.

A Câmara de Viana do Castelo anunciou este mês que vai iniciar a aplicação de descontos nos transportes públicos no dia 01 de junho, num investimento de 217 mil euros.

Na nota, a CIM do Alto Minho disse estar em curso, “a estruturação dos documentos de base para o processo de concessão / contratualização dos serviços de transportes regulares de passageiros no território do Alto Minho, que reforçará as condições para a prossecução de uma política tarifária sustentável, abrangendo, de forma integrada, quer a escala municipal, quer também os níveis intermunicipal e inter-regional”.

Segundo a estrutura, a “grande maioria das deslocações no Alto Minho tem uma natureza intraconcelhia, representando 83 % dos movimentos pendulares totais”. 

“O objetivo inicial da aplicação do PART, neste primeiro ano, é contribuir para criar condições que incentivem o reforço gradual da utilização dos transportes coletivos por parte da população local, em particular, no acesso aos principais serviços coletivos territoriais de proximidade sediados no concelho”, especifica a associação de municípios.

A Câmara de Viana do Castelo decidiu “implementar um conjunto de ações como a gratuitidade do transporte escolar aos alunos do ensino secundário, numa ação inovadora que representa um investimento superior a 100 mil euros e atingindo 731 alunos”.

Ao abrigo do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes (PART), está também prevista “a redução em 50% do custo do bilhete ou passe aos utentes que utilizam os miniautocarros que circulam no centro da cidade de Viana do Castelo”, bem como “a introdução da gratuitidade para utilizadores da rede da concessão dos transportes urbanos entre o Parque de Estacionamento do Campo d’Agonia (PECA) e a Zona de Atividades Económicas da Praia Norte (Praia do Coral)”. 

Em causa está também “a redução em 50% do custo do bilhete ou passe dos utilizadores da rede da concessão dos transportes urbanos para as zonas industriais do Neiva, 1ª e 2ª fases e Alvarães, e Meadela”.

Fonte: Lusa

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com