Altominho.tv
CM VIANA DO CASTELO

Investimento de um milhão de euros requalifica edifício da Câmara de Viana do Castelo

O executivo municipal de Viana do Castelo aprovou, esta quarta-feira, a abertura do concurso público para a requalificação do edifício do século XVI ocupado há 42 anos pela Câmara, num investimento superior a um milhão de euros.

A abertura do procedimento foi proposta pela maioria socialista e aprovada por unanimidade. A intervenção no edifício dos Viscondes da Carreira, onde estão instalados os serviços administrativos da autarquia, foi justificada com “a existência de patologias ao nível da envolvente exterior”.

A empreitada “vai abranger uma área de 5.377 metros quadrados em quatro pisos do edifício” com 492 anos.

A intervenção tem como objetivos “recuperar o edifício enquanto estrutura física e bem arquitetónico de valor patrimonial classificado, intervindo em parte da envolvente exterior, e aproveitar a oportunidade para introduzir um incremento de desempenho relativamente às condições de segurança – estrutura da cobertura e paredes em taipa do segundo andar – e de conforto – introdução de isolamento térmico na envolvente exterior a sofrer intervenção”.

Segundo a proposta socialista, “as más condições de segurança identificadas e resultantes do avançado estado de deterioração dos elementos estruturais principais conjugadas com a deterioração dos sistemas construtivos, fruto das sucessivas intervenções, concorrem para a necessidade de realizar uma intervenção que, ao mesmo tempo, resolva as patologias encontradas e reponha, na maioria dos casos, os sistemas construtivos adequados”.

“As soluções a serem adotadas correspondem maioritariamente à reposição da prática construtiva original”, especifica.

A obra é financiada em 85% pelo Programa Norte 2020 e integra a candidatura da Câmara Municipal ao Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbana (PEDU), para reabilitação urbana.

A Casa dos Abreu Távora, ou dos Viscondes da Carreira, situada entre o Passeio das Mordomas da Romaria e a Rua dos Bombeiros, é propriedade da autarquia desde 1970, sendo que é ocupada, desde 1972, por parte dos seus serviços administrativos. O edifício está classificado como Monumento Nacional por decreto de 16 de junho de 1910 e está integrado no perímetro de proteção de conjunto de imóveis classificados.

A Casa da Carreira foi construída por Fernão Brandão, em 1527. O edifício foi totalmente remodelado em meados do século XVIII pelo arquiteto militar Manuel Pinto de Vilalobos que, com elementos quinhentistas reaproveitados e outros recriados, construiu um dos primeiros edifícios revivalistas (neomanuelino), enquanto a fachada norte (onde está a capela) seguia os cânones barrocos na sua feição clássica”.

Na sessão ordinária desta quarta-feira, o presidente da Câmara informou o executivo municipal que, desde o início do Regime de Incentivos criado em 2012, foram aprovadas 35 propostas de isenção de IMT (Imposto Municipal sobre Transações Onerosas de Imóveis).

Segundo José Maria Costa, “desde 2012, foram celebrados 46 contratos de investimento, sendo que apenas 5 destes acabaram por não ser concretizados”. “Aquelas isenções representam um apoio direto de sete milhões de euros da Câmara Municipal de Viana do Castelo, através de isenção de IMT e taxas e apoio na infraestruturação. Estes contratos resultam num investimento já concretizado de 263 milhões de euros”, realçou.

De acordo com o autarca, aqueles investimentos, “previam a criação de 3.557 postos de trabalho, mas, efetivamente, foram concretizados até ao momento 4.857 postos de trabalho, ou seja, mais 1.300 do que o estimado inicialmente”.

Fonte: Lusa

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com