Altominho.tv

Nova ETAR de 168 mil euros concluída em maio na freguesia de Paços

A Câmara de Melgaço informou, esta sexta-feira, que a nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da freguesia de Paços, em Melgaço, num investimento de quase 168 mil euros, deverá estar concluída até final de maio.

De acordo com comunicado da autarquia, este equipamento “irá tratar os efluentes domésticos dos cerca de 350 habitantes residentes, estando também preparado para tratar a população flutuante, o que resulta num dimensionamento para aproximadamente 700 habitantes”.

O município prevê que a rede de saneamento de Paços e a correspondente ETAR estejam em funcionamento até ao final de 2019, concluindo um investimento superior a 700 mil euros na rede de saneamento básico da freguesia.

Com a entrada em funcionamento da nova ETAR, “o concelho alcançará uma cobertura populacional muito próxima dos 93% com rede pública de saneamento”.

A rede de saneamento público cobre praticamente toda a área populacional da freguesia de Paços e abrange ainda o lugar da Esquipa, da freguesia de Cristóval. Com esta intervenção, a câmara municipal “concretiza a implantação de 12.661 metros lineares de coletores, a construção de 282 ramais de ligação às habitações, a instalação de duas Estações Elevatórias e, por fim, a ETAR, na qual se efetuará o tratamento de todo o efluente”.

Com a conclusão das intervenções que estão a decorrer, nomeadamente o saneamento nos lugares da Barqueira, na freguesia de Paderne, de Orjaz, em Cubalhão, de Alcobaça, em Lamas de Mouro, de Coriscadas ao Rodeiro, em Castro Laboreiro, de Eiriz e Baldosa, na freguesia da Gave, e em Fiães (segunda fase), o concelho de Melgaço terá mais cerca de 25 quilómetros de rede de coletores de saneamento.

Segundo o município, “para concluir as grandes intervenções no que respeita ao saneamento, falta apenas concretizar parte dos projetos de saneamento à freguesia de Fiães (terceira fase) e à freguesia de Cousso, no lugar de Virtelo”.

A autarquia estima que o investimento total nas redes de abastecimento de água e de saneamento, após aprovação de 14 candidaturas do Ciclo Urbano da Água, ronda os três milhões de euros, tendo o apoio de mais de 2,2 milhões de euros do Fundo de Coesão.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com