Criação da 1ª zona empresarial privada de Viana do Castelo em consulta pública

A criação da primeira zona empresarial privada de Viana do Castelo encontra-se em consulta pública, abrangendo numa área total de 11,8 hectares, na freguesia de Vila Nova de Anha, disse hoje fonte camarária.

De acordo com o vereador do planeamento, gestão urbanística e desenvolvimento económico, Luís Nobre, “o pedido de informação prévia de loteamento daquela infraestrutura deu entrada na autarquia, em setembro de 2017, decorrendo atualmente, e até 22 de abril, o período de consulta pública da avaliação de impacte ambiental, da responsabilidade da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N)”.

Luís Nobre adiantou que “o projeto, da Jarlipe Construções, sociedade de investidores locais, está previsto para uma área destinada a atividades económica, tal como o previsto no Plano Diretor Municipal (PDM) em vigor”.

Questionado pela Lusa, Luís Nobre disse desconhecer do investimento previsto para aquela infraestrutura.

De acordo com o projeto, a primeira zona empresarial de Viana do Castelo prevê “a disponibilização sete lotes para indústria e um lote para comércio ou serviços numa área total 60,4 metros quadrados”.

Segundo a página na Internet da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), hoje consultada pela Lusa, “o procedimento de Avaliação de Impacte Ambiental do Projeto da “Zona Empresarial da Aguieira”, localizada em Viana do Castelo, encontra-se em consulta pública desde 11 de março e até 22 de abril.

“O objetivo principal da execução deste projeto é a disponibilização de lotes para uso industrial, comércio e serviços, aproveitando o potencial de localização da área conferida pela execução do novo acesso ao setor comercial do Porto de Viana do Castelo e a dinâmica empresarial favorável verificada atualmente”, lê-se no documento publicado naquela página.

Viana do Castelo dispõe, atualmente, de três zonas empresariais. Em Lanheses está situada a maior do concelho, cuja quinta fase, orçada em cinco milhões de euros, foi inaugurada em janeiro.

Aquele parque constituído em 2001, numa parceria entre a Associação Empresarial de Portugal (AEP), a Câmara e a Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC).

O espaço ficou concluído no final de 2003, tendo Durão Barroso, então primeiro-ministro do Governo PSD/CDS-PP, presidido à abertura oficial do parque, que, em 2004, começou a receber as primeiras empresas.

No concelho, existem ainda a Zona Industrial de Neiva e o Parque Empresarial da Praia Norte.

Fonte: Lusa

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com