Pulseira eletrónica para homem de 46 anos detido por violência doméstica em Ponte de Lima

O Tribunal Judicial de Ponte de Lima aplicou o controlo eletrónico a um homem de 46 anos detido no domingo, em Ponte de Lima, pelo crime de violência doméstica.

Em comunicado, o Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo explicou que, além do controlo efetuado através de pulseira eletrónica, medida de coação decretada, esta segunda-feira, após o primeiro interrogatório judicial, o tribunal proibiu o indivíduo de contactar a vítima, não podendo aproximar-se a menos de um quilómetro.

A GNR adiantou que o homem foi detido na freguesa de Freixo, em Ponte de Lima, em flagrante delito, na sequência de uma denúncia pelo crime de violência doméstica.

“Os militares dirigiram-se à residência da vítima, uma mulher de 45 anos, tendo apurado que a mesma havia sido ameaçada de morte pelo seu marido. As ameaças à vítima repetiram-se já na presença dos militares, procedendo estes de imediato à detenção do indivíduo”, especifica a nota.

Segundo a GNR, o homem “tem antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime”.