Altominho.tv
GNR

GNR reforça patrulhamento e deixa conselhos durante operação “Residência Segura”

A Guarda Nacional de Republicana (GNR), no âmbito da operação Residência Segura, a decorrer entre esta segunda-feira e o dia 15 de março, vai reforçar o patrulhamento em algumas zonas residenciais e distribuir folhetos junto da população para sensibilizar para os cuidados a ter para prevenir situações de furto ou roubo nas suas residências.

Em comunicado, a GNR alerta que estes crimes “ocorrem em diversos períodos do dia e dias da semana”, mas existe uma “especial preponderância” para ocorrências “nos dias úteis e no período da tarde”, quando “as pessoas estão ausentes das suas residências por se encontrarem nos seus empregos”.

Em 2018, esta força de segurança registou 175 situações de roubos em residências, dos quais, cerca de 61% visaram pessoas idosas, o que tem exigido um “trabalho contínuo de georreferenciação das residências mais isoladas”.

A GNR verificou ainda que, dos cerca de 6.900 furtos ocorridos, 32% aconteceram por “mero descuido dos proprietários”.

Não abrir a porta de casa ou do prédio sem saber quem são as pessoas que estão a tocar; fechar as janelas e trancar as portas ao sair de casa; não deixar acumular correspondência na caixa do correio; e não deixar recados na porta ou na janela que indiquem que não está ninguém em casa são algumas das medidas que a GNR aconselha a tomar para prevenir estas situações.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com