CICLOVIA

Valença vai investir mais de 630 mil euros na criação de uma nova ciclovia em 2019

A Câmara de Valença anunciou, esta quarta-feira, a criação de uma nova rede ciclável com 2800 metros, num investimento superior a 630 mil euros. A obra vai avançar ainda em 2019 e terá um prazo de execução de um ano.

Em comunicado, a autarquia explicou que o novo percurso ciclável “ligará as Portas do Sol, na Fortaleza de Valença, ao Centro Coordenador de Transportes, à estação dos caminhos-de-ferro, à praça de táxis, ao Centro de Interpretação da Ecopista do Rio Minho e à Escola Superior de Ciências Empresariais”.

O objetivo é “criar um corredor ciclável que liga o centro histórico à área central da cidade e aos principais pontos de fluxo de mobilidade”.

Segundo o município, o investimento agora anunciado envolve ainda a “requalificação da Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, em toda a sua extensão, desde a avenida de Espanha até à Fortaleza”.

“A nova avenida, além do percurso ciclável, terá nova e melhor iluminação, um piso mais confortável e com melhor enquadramento urbanístico e arborização nova”, lê-se na nota.

Na Ponte Seca, “será construída uma nova ponte pedonal e ciclável, com estrutura metálica, junto à ponte atual, de modo a permitir a passagem do corredor ciclável”. Uma intervenção que, segundo o município, “resolverá um problema antigo da ligação da cidade à parte norte da Ecopista do Rio Minho”.

A intervenção da Câmara Municipal de Valença, no valor previsível de 636 mil euros, decorre no âmbito do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável e será financiada pelo programa Norte 2020.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com