Altominho.tv

Apreendidos 200 quilogramas de ouriços-do-mar em Viana do Castelo

A Polícia Marítima de Viana do Castelo apreendeu na madrugada de hoje cerca de 200 quilogramas de ouriços-do-mar que se encontravam na posse de quatro homens sem licença para exercer aquela atividade, anunciou aquela força policial.

Em comunicado, a Polícia Marítima de Viana do Castelo explicou que “os 200 quilogramas de ouriços-do-mar “foram imediatamente devolvidos ao seu habitat natural por se encontrarem vivos”.

No decurso da operação de fiscalização, dirigida à atividade da apanha de ouriços-do-mar na zona ribeirinha a norte do porto de Viana do Castelo, foi “elaborado o respetivo expediente por ter sido detetado ilícito marítimo de cariz contraordenacional”.

A ação de fiscalização dirigiu-se à apanha de ouriços-do-mar e “incidiu em locais onde a captura não é permitida, nos licenciamentos, quantitativos permitidos e tamanhos autorizados”.

Também este mês, mas no concelho vizinho de Caminha, a PM apreendeu, em Vila Praia de Âncora, 90 quilos de ouriços-do-mar, entretanto devolvidos ao mar, e o material utilizado naquela atividade “ilegal”.

Em fevereiro, a Unidade de Controlo Costeiro de Matosinhos apreendeu 245 quilogramas de ouriços-do-mar na costa de Viana do Castelo.

Na ocasião, aquela força policial adiantou ter identificado um homem, com 57 anos, “por falta de licença para a atividade da apanha de espécies marinhas, tendo na sua posse 70 quilos de ouriços-do-mar”.

Ainda em fevereiro, noutra operação de combate à apanha ilegal destas espécies marinhas, a PM apreendeu na orla costeira das praias de Paçô, Viana do Castelo, e da Gelfa, Caminha, cerca de 70 quilogramas de ouriços-do-mar e perceves.

“No decurso da ação foram detetados e apreendidos cerca de 60 quilos de ouriços-do-mar abandonados na praia do Paçô que, por estarem ainda vivos, foram devolvidos ao seu habitat natural”, revelou, na altura, a PM.

Foram ainda “detetados e apreendidos dez quilos de perceves escondidos na vegetação arbustiva dunar na Gelfa, a sul do Forte do Cão, os quais foram entregues na lota de Viana do Castelo”, especificou.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!