Altominho.tv

Mulher de 85 anos morre quando fazia queimadas em Arcos de Valdevez

Uma mulher de 85 anos morreu hoje quando fazia uma queimada em terrenos agrícolas de que era proprietária no lugar de Paredes, Padroso, em Arcos de Valdevez.

Em declarações à agência Lusa, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez , Filipe Guimarães, adiantou que, quando os bombeiros chegaram ao local, a mulher, que vivia sozinha, encontrava-se caída em paragem cardiorrespiratória e com parte do corpo queimada”.

“Foram iniciadas manobras de reanimação, mas sem sucesso”, declarou.

O comandante dos bombeiros locais explicou que a corporação “recebeu um alerta para um incêndio num anexo agrícola, mas quando chegou ao local apercebeu-se de que se tratava de um incêndio agrícola resultante de queimadas”.

“A idosa tinha vários montes de cartão que estava a queimar. Deveria estar a preparar os terrenos para alguma sementeira. Algo correu mal”, adiantou.

A mulher foi transportada ao Instituto de Medicina Legal de Viana do Castelo.

Ao local compareceram 13 operacionais e quatro viaturas dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV), estacionada naquele concelho do Alto Minho e GNR.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!