Altominho.tv

Comércio na fortaleza de Valença pouco ativo e preocupado com fecho das fronteiras

Uma semana depois da reabertura do pequeno comércio, a maioria das lojas no interior da fortaleza de Valença continuam de portas fechadas. O comércio, mais dependente de clientes espanhóis, espera agora atrair mais portugueses e recuperar dos prejuízos dos últimos dois meses, enquanto não reabrem as fronteiras com Espanha.