Altominho.tv
7 MARAVILHAS

Cultura Popular é o tema das 7 Maravilhas

Os portugueses são, este ano, desafiados a encontrar o “património cultural e imaterial e eleger as 7 Maravilhas da Cultura Popular de Portugal”. As candidaturas estão abertas até 1 de março.

“Portugal afirma-se hoje pelos seus valores únicos e pela dimensão da sua multiculturalidade, onde a expressão da sua autenticidade se encontra em cada um de nós, em cada aldeia, vila ou cidade. É a manutenção e a afirmação inequívoca desta autenticidade, com manifestações em múltiplas categorias culturais, que queremos homenagear com a eleição das 7 Maravilhas da Cultura Popular®”. Este é um resumo da nona edição do evento das 7 Maravilhas, lançada esta quinta-feira, no Museu de Arte Popular em Lisboa.

As 7 Maravilhas da Cultura Popular vão percorrer o país e a fase de candidaturas já está a decorrer, numa opção individual ou com 7 patrimónios.

“A grande aposta deste ano passa por promover o Património Cultural Imaterial de Portugal, elevando a nossa Cultura Popular a um patamar de causa pública e de atração turística”, explicou o presidente das 7 Maravilhas®. Para Luis Segadães, “as muitas razões que explicam porque Portugal está hoje na moda, uma das mais marcantes é seguramente a sua base cultural e a importância da sua cultura popular”.

Na edição das 7 Maravilhas haverá sete categorias em análise: Artesanato; Lendas e Mitos; Festas e Feiras; Músicas e Danças; Rituais e Costumes; Procissões e Romarias e Artefactos.

As categorias a concurso, segundo a organização, “permitem a organização e comparação de todos os Patrimónios, independentemente da sua natureza. O que interessa avaliar é o valor de cada manifestação cultural, enquanto afirmação distintiva do seu território”.

Em 2020, os candidatos são votados por cada um dos 18 distritos e duas regiões autónomas, com 20 programas de daytime em direto a realizar nos meses de julho e agosto.

Nesta fase, haverá sete candidatos por distrito e regiões autónomas, num total de 140 patrimónios candidatos, sendo que em cada programa na RTP será apurado um pré-finalista que passa às semifinais. Haverá ainda um programa de repescagem. Os 20 segundos classificados nas eliminatórias regionais do concurso serão submetidos a uma nova votação, com o objetivo de apurar os oito mais votados que se irão juntar aos já pré-finalistas.

Os 28 pré-finalistas são divididos por sorteio pelas duas semifinais, dois programas em direto na RTP1. Catarina Furtado e José Carlos Malato voltam a ser os anfitriões e embaixadores das 7 Maravilhas®, apresentando as semifinais e a Gala (duas semifinais e uma Grande Final). Em cada semifinal são apurados os sete patrimónios, que tenham mais votos contabilizados.

A Gala Finalíssima decorre a 5 de setembro e será transmitida pela RTP1, em horário nobre. Dos 14 finalistas apurados vão ser eleitos sete patrimónios como 7 Maravilhas da Cultura Popular®.

As candidaturas terminam a 1 de março e são realizadas online, no site oficial das 7 Maravilhas®.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.