Altominho.tv

Adega de Monção espera obter valor recorde para apoio à reestruturação da vinha

A Adega Cooperativa de Monção espera obter um apoio de mais de 816 mil euros para a reestruturação da vinha, através do programa VITIS 2020.

O valor resulta de um total de 157 candidaturas apresentadas pelos seus associados e envolve uma área superior a 69 hectares.

O VITIS constitui um regime de apoio para o setor vitivinícola nacional, que visa a reestruturação e reconversão de vinhas. Os apoios concedidos compreendem uma comparticipação financeira para a instalação da vinha, melhoria das infraestruturas fundiárias.

Armando Fontainhas, presidente da Adega de Monção, realça a importância do programa VITIS, que se constitui como um dos instrumentos privilegiados de melhoria da competitividade do setor e da qualidade dos seus produtos.

“Este é um apoio crucial para a melhoria da qualidade dos vinhos produzidos na região de Monção e Melgaço. O reconhecimento que os nossos vinhos têm vindo a conquistar exige padrões de cultivo e de produção de elevadíssima qualidade. Temos que ser capazes de dar uma resposta em consonância com o que o mercado espera de nós”, reconhece o dirigente.

Os resultados das candidaturas serão decididos até 30 de abril de 2020.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.