Altominho.tv

Plano transfronteiriço de mobilidade sustentável do rio Minho apresentado em 2020

O Plano de Mobilidade Sustentável do Rio Minho Transfronteiriço (PMST) vai ser apresentado, publicamente, no início de 2020 para servir 26 municípios galegos e portugueses e cerca de 376.000 pessoas, informou hoje o AECT Rio Minho.

Em comunicado hoje enviado, o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) do Rio Minho, com sede em Valença, adiantou que “o documento se encontra em fase de redação e que englobará as sugestões que as equipas técnicas dos vários concelhos terão de apresentar até 30 de novembro”.

O AECT Rio Minho abrange um total de 26 concelhos. Os dez municípios do distrito de Viana do Castelo que compõe a Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho e 16 concelhos galegos da província de Pontevedra.

“O plano propõe um total de 22 medidas, em torno de sete linhas de atuação, centradas na melhoria das deslocações para não motorizados, no transporte público, na mobilidade de pessoas com mobilidade reduzida, no transporte para grandes áreas e centros recetores de viagens, na segurança viária, e ainda medidas de proteção ambiental”, adianta a nota do AECT do Rio Minho.

Segundo aquele organismo “a fronteira ibérica mais transitada e a que tem o maior fluxo de veículos (47%) entre Espanha e Portugal abrange mais de 3.300 quilómetros quadrados de território”.

O plano agora em elaboração “tem como objetivo implementar formas de deslocação mais sustentáveis e que, em simultâneo, garantam a conetividade do território com os principais pontos de atração”.

A elaboração do plano integra o projeto Smart Minho candidatado ao Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Espanha/Portugal 2014-2020 (INTERREG V-A), cofinanciado a 75% e com um orçamento total superior a 942 mil euros.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.