Altominho.tv
Notícias dos Arcos

Arcos de Valdevez recebeu conferência que releva o papel do Recontro de Valdevez na formação de Portugal

No dia 12 de Outubro, decorreu em Arcos de Valdevez uma Conferência sobre “A importância do Recontro de Valdevez Para a Formação de Portugal”.

Foi conferencista o Ilustre Prof. Dr. Luís Amaral, docente da Faculdade de Letras da Universidade do Porto.
Tratou-se de uma organização conjunta da Real Associação de Viana do Castelo, GEPA (Grupo de Estudos do Património Arcuense), associação criada em 1980 para a defesa do património arcuense e do Rotary de Arcos de Valdevez.

O numeroso público presente, ouviu com muita atenção a magnífica lição de história medieval, uma vez que o notável conferencista no enquadramento histórico que fez deste Recontro, inicia a sua exposição com D. Afonso Henriques, dizendo que o mesmo não nasceu rei, mas antes que se fez rei, iniciando uma narrativa que nos levou à batalha de S. Mamede, Ourique,
Tui, Valdevez, Zamora, etc.

O Recontro ou “bafordo” da Portela de Vez que teve lugar em 1137, contribuiu para a celebração da paz de Tui, em Julho daquele ano e foi um passo decisivo e uma das últimas etapas para o nascimento de Portugal, sendo o antecedente da celebração do Tratado de Zamora em 1143.

O Dr. João Esteves, Presidente da Autarquia Arcuense, assistiu a esta conferência e ouviu com muito entusiasmo e atenção o ilustre docente universitário, que de certa forma não desmentiu o slogan “Arcos de Valdevez, Onde Portugal Se Fez”, adoptado pela autarquia. Uma vez que a partir deste episódio, de acordo com o Prof. Luís Amaral, há dois documentos leoneses que se referem a D. Afonso Henriques como rei.

Foi também apresentado pela organização um Concurso para as escolas do concelho de Arcos de Valdevez, que se iniciará ainda no presente ano lectivo sobre o tema da conferência: “A importância do Recontro de Valdevez Para a Formação de Portugal”.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.